Decoração 25/04/2018  

Como fazer fogão a lenha: descubra as melhores dicas

Boas lembranças e comida saborosa. Quem adora essa combinação, vai aproveitar muito nossas dicas de como fazer fogão a lenha. Confira no texto.

fogao-lenha-cimento-queimado

O fogão a lenha feito de concreto traz um aspecto rústico ao espaço da sua cozinha.

Quem está acostumado com a vida do interior, sabe: nada supera uma refeição preparada em um fogão a lenha. Essa estrutura, tão comum nas áreas rurais do Brasil, dá um gosto especial aos alimentos e reacende as memórias de muita gente. Por ter diversas vantagens, ela passou a despertar cada vez mais interesse em pessoas que desejam colocá-la nas cozinhas de sítios, chácaras e ranchos. Neste artigo, aprenda como fazer fogão a lenha, conhecendo sobre cada parte e as etapas de sua construção.

As diferentes partes do fogão a lenha

Construído em alvenaria, esse fogão possui um compartimento na parte de baixo para colocar a lenha que vai aquecer tanto o forno quanto a chapa de metal no topo, onde ficam as panelas. As principais partes da estrutura são:

fogao-lenha-cimento-queimado

Normalmente, o depósito de lenha fica na parte de baixo do fogão a lenha, na parte de baixo do forno, tornando o manuseio do material mais fácil.

1. Depósito de lenha: fica debaixo do forno e é onde a madeira é armazenada, facilitando o cotidiano de quem utiliza o fogão;

2. Área de combustão da lenha: fica debaixo da grelha e é onde a madeira é queimada;

3. Cinzeiro: localizado na parte inferior do fogão, ele tem uma porta que controla a entrada do ar que vai até a área de combustão da lenha;

4. Caixa do forno: é aquecida pelos gases quentes da combustão, que circulam em volta da caixa e saem lateralmente pela chaminé;

5. Fornalha: parte do fogão própria para assar. É tampada para evitar que o ar entre em excesso e baixe a temperatura;

fogao-lenha-cimento-queimado

A área de combustão, local onde a madeira é queimada, é uma das partes principais do fogão a lenha.

6. Chaminé: recebe os gases quentes da caixa do forno. Por serem menos densos que o ar externo, eles sobem pela chaminé e geram uma depressão no interior do fogão. Isso faz com que a estrutura sugue, através do cinzeiro, um novo ar que dá continuidade ao processo.

Como fazer fogão a lenha?

Segundo o projeto de fogão a lenha sem fumaça da Universidade Federal de Viçosa (UFV), o primeiro passo é criar as lajes do fogão com oito dias de antecedência. Monte fôrmas feitas de caibro e com uma grade de ferro com arame farpado para dar firmeza. Lembre-se de deixar nelas espaços vazios bem delimitados que receberão depois a chapa de ferro fundido e a grelha. Ao concretar as lajes com cimento, areia e brita, adicione melaço à massa, pois esse produto faz com que as placas não trinquem quando submetidas às altas temperaturas. Porém, é importante não exagerar no melaço, pois este produto pode impedir a secagem dos produtos à base de cimento, tais como concreto e argamassas de revestimento. Prefira utilizar cimento do tipo CPIII, pois este resiste à temperaturas mais altas do que outros tipos de cimento.

Em seguida, demarque a área em que serão construídos o fogão e a chaminé, e prepare o local da obra, nivelando e compactando o terreno. Pense na altura da estrutura e demarque os lugares do cinzeiro e do depósito de lenha. A partir daí, comece a empilhar os tijolos ou blocos e, quando atingir o tamanho certo, coloque a laje que fica acima do cinzeiro e a que sustenta o forno.

melado

Na hora de concretar as lajes do fogão a lenha, a dica é adicionar melaço à mistura de concreto, areia e brita para que as placas não trinquem, depois, com as altas temperaturas.

Continue assentando e nivelando os tijolos com uma argamassa de cimento, cal em pó e areia, formando os espaços onde a lenha será queimada e onde os gases quentes vão passar até chegarem ao forno. Espalhe pelas superfícies internas uma massa de barro com melaço para que o calor não saia e a temperatura dentro do fogão fique sempre alta. Algumas pessoas também posicionam serpentinas nesse espaço para que os gases aqueçam a água da casa.

Após montar o lugar da caixa do forno e o suporte de ferro onde ele vai ser colocado, deposite a laje que fica acima da caixa e a laje onde irá a chapa de ferro fundido. Faça a conexão entre a caixa e a chaminé, pincelando com melaço os tijolos dessa região. A 10 cm acima da boca da chaminé, instale um chapéu de proteção contra a chuva. Por fim, lixe todo o fogão e envernize para dar uma boa aparência à estrutura.

fogao-lenha-cimento-queimado

Depois de construir o fogão a lenha, o último passo é lixar e envernizar para dar uma boa aparência.

O descrito aqui é uma ideia geral a ser seguida. As medidas corretas de cada peça e os mínimos detalhes de todo o procedimento podem ser encontrados no projeto da UFV (clique aqui para conferir).

Características do fogão a lenha

Um bom fogão a lenha pode ser construído de diferentes formas, mas sempre deve:

– Jogar a fumaça para fora da casa;
– Queimar a lenha completamente para manter o aquecimento;
– Ser resistente ao aparecimento de rachaduras;

Antes de construir o fogão a lenha, é importante conferir se a altura e comprimento do projeto são tecnicamente recomendáveis para o espaço que ele vai ocupar.

– Adequar-se corretamente ao local, tendo altura e comprimento tecnicamente recomendáveis;
– Ser bonito visualmente – no acabamento algumas pessoas usam o cimento queimado colorido para deixar a estrutura com uma cor específica, como vermelho, amarelo ou branco.

E então, gostou das nossas dicas de como fazer fogão a lenha? Vai tentar construí-lo também? Conte pra gente nos comentários abaixo!