Reforma e Construção 6/09/2018  

Como realizar a correta impermeabilização do concreto

Para evitar que as superfícies expostas à umidade sofram com infiltrações, deve ser realizada a impermeabilização do concreto.  Saiba mais sobre a técnica.

A correta impermeabilização pode evitar muitas dores de cabeça na sua obra.

Todo concreto é, em certa medida, poroso. E quando paredes, pisos e telhados formados por esse material estão expostos a chuvas frequentes e umidade proveniente do solo, os riscos de infiltração são ainda maiores. Um técnica capaz de impedir esse problema é a impermeabilização do concreto, mas, muitas vezes, ela é ignorada pelos profissionais técnicos da obra ou simplesmente feita de maneira incorreta. Neste artigo, vamos apresentar alguns detalhes importantes desse procedimento. Confira a seguir.

Regularizando a superfície para a impermeabilização do concreto

Executar a impermeabilização durante a obra é mais vantajoso e econômico do que realizá-la após as complicações começarem a aparecer.

Porém, se a superfície que você deseja impermeabilizar já tiver imperfeições, como trincas e fissuras, elas devem ser preenchidas com selantes acrílicos para que o acabamento seja realizado em seguida. No caso de pisos, lembre-se de prever uma inclinação de pelo menos 1% para garantir o escoamento satisfatório da água.

Também é indicado alisar superfícies ásperas e desniveladas para que fiquem uniformes, otimizando assim a aderência da membrana ou pasta de impermeabilização.

Antes de aplicar o impermeabilizante, é indicado nivelar e limpar bem a superfície.

Outra ação fundamental é limpar bem o concreto antes de impermeabilizá-lo. Ele deve estar isento de pó, areia, resíduos de óleo, graxa, desmoldante e qualquer outro tipo de sujeira. Para isso, use uma escova de cerdas resistentes, um pouco de fosfato trissódico e água, deixando a superfície secar por um tempo antes de iniciar a impermeabilização.

Aplicando o impermeabilizante

As membranas líquidas são de fácil aplicação e bom custo benefício e impedem com eficiência a ação indesejada da água. Atuando como revestimentos com bases de polímeros, elas podem ser pulverizadas, roladas diretamente no concreto ou espalhadas com desempenadeira ou trincha.

Para ter certeza de qual método é o mais adequado à superfície que você deseja proteger, siga sempre as instruções do fabricante. E não se esqueça de usar os equipamentos de proteção individual necessários, como botas, luvas, óculos de segurança e máscaras.

A impermeabilização com membranas líquidas pode ser pulverizadas, rolada diretamente no concreto ou espalhada com uma desempenadeira ou trincha.

Uma boa dica é molhar a superfície com água antes da aplicação do impermeabilizante. A primeira demão pode ser feita no sentido horizontal e a segunda, no sentido vertical, desde que todas as camadas fiquem bem uniformes. Respeite também o tempo de cura do produto.

Além disso, é essencial saber com certeza quais superfícies realmente precisam ser impermeabilizadas. Paredes em locais pouco arejados e com fraca exposição ao sol podem precisar dessa técnica, assim como paredes externas e telhados sujeitos à chuvas constantes. Construções abaixo do nível do solo e porões costumam ser mais úmidos e também merecem atenção especial.

A impermeabilização do concreto aumenta a vida útil das estruturas e pode evitar uma série de problemas. Conte pra gente nos comentários se você já precisou impermeabilizar alguma superfície.